terça-feira, 8 de junho de 2010

Contradições

que há de novo em tudo aquilo que desejamos?


talvez nada.

são sempre as mesmas contradições:

ou uma casa, ou um carro, ou Deus?

há nisso algum inconveniente?

penso que não...

a não ser quando me pergunto sobre a vida de crianças portadoras de destinos especiais...

ou quando penso a respeito das mulheres emudecidas pelo matrimônio da sua angústia que, por algum motivo, continuaram vivas...

de repente sinto um pouco do absurdo da vida .



Edemir Fernades Bagon