terça-feira, 12 de junho de 2018

Frações

quero o tempo inteiro
dividido por nós dois
.
.
.
.
.
.
.
.


pra sempre



Edemir Fernandes Bagon









sábado, 26 de maio de 2018

Jail

o barulho das águas
 e o desespero do céu

a vida  e o
encontro das pedras

o menino
e sua fotografia na parede

o velho
e seu carrinho no chão

a teia
e as grades na janela

o pássaro
e as asas deixadas no vão
                                          da alma.

o herói
e o perigo da guerra

o destino
e as mãos do pai

o viés
e a porta trancada do lado de fora
                                                        da esperança.



Edemir Fernandes Bagon





domingo, 20 de maio de 2018

quarta-feira, 25 de abril de 2018

Decantação


o amor que vai embora na clareza das horas
                            perdoa o tempo da solidão,
                            porque não se cabe nunca no vazio da espera.

os sonhos são apenas a medida daquilo que os olhos alcançam
                            desenhos cerzidos em nuvens
                            [que] decantam o invisível dos tecidos feitos na memória.


Edemir Fernandes Bagon