quinta-feira, 24 de março de 2011

Nominal

de repente o tempo fica assim dividido
ora te amo como nunca
ora te quero bem longe de mim

de repente eu te desejo como sempre
mas em pouco tempo te odeio para sempre
de repente de ti me recordo
e num momento de esquecimento
escrevo teu nome




edemir fernandes bagon