quinta-feira, 22 de novembro de 2012

Introspecção


Melhor viver e encontrar castelos atrás das estrelas e
                                          Fadas dentro de conchas no mar.

Melhor brincar entre os duendes verdadeiros nos cantos da minha imaginação
                                          Ou voar com Íris na leveza do vento e me esconder no meu mundo.

Gnomos pintam o céu com cores  amarelas e azuis.
Em cada livre instante procuro quem sou.

De modo algum deixaria a vida.
Melhor viver e me encontrar de repente.


Edemir Fernandes Bagon