sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

Do capitalismo cibernético


Eis o capitalismo cibernético selvagem: ensina a negar o que julga não ser perfeito e impõe o ideal da superioridade... não o da igualdade.

Logo, aqueles que se submetem a seus princípios, querem ter a melhor casa... mesmo morando ao lado de um rio podre; querem ter a melhor roupa... mesmo sem ter lido um livro; querem ser chefes... mesmo sem saber que são humanos. 


E terminam eles elaborando um discurso falacioso acerca de uma pretensiosa lógica do sucesso, da predestinação do vencedor e/ou da impetuosidade dos que se julgam superiores... apenas para continuarem a vida... não sendo nada.



Edemir Fernandes Bagon