quinta-feira, 28 de novembro de 2013

Encantamentos

Tenha em suas mãos
O encanto do mundo

Desfaça das coisas porque elas nada sentem

Vez por outra
Calcule a validade do discurso comparando a forma e seu conteúdo

Às vezes, melhor ser simplesmente
sem que nada mais possa mensurar  a ponto de trocar sua interioridade

Seria sempre o lado mais sensível a perder

Não fale
Há situações em que não existe necessidade de parecer ser
mesmo que as palavras tenham vida própria

Toque o moinho de vento com a ponta dos dedos
Acaricie as moedas sobre a mesa

Sê uma estrutura fictícia de acordo com sua necessidade
Mas se não for
Destrua os plásticos
Rasgue o sono
Desfigura a solidão com todas as letras

Quando se for
escreva sua mais bonita história de amor.



Edemir Fernandes Bagon