domingo, 12 de outubro de 2014

Templários

Simplesmente...
O que há de novo é a maneira como te vejo: sem passado e, nem mesmo, futuro. 
Todo instante é a plenitude do amor.


Edemir Fernandes Bagon