Olhos de Édipo


os olhos de Édipo se desencantam do mundo
descem imundos num poço com claras águas
lutam em campos feitos de almas


edemir fernandes bagon





Postagens mais visitadas deste blog

Cantiga de Amigo do Século XXI

O discurso retórico na arte de Rugendas: um novo olhar