quarta-feira, 1 de julho de 2015

Parênteses

 encontro cores escrevo  palavras desenho paredes 
invento caminhos apago instantes recrio passados
traduzo olhares sinto cantos espero retornos desejo abraços anseio segredos toco vazios escuto silêncios abraço almas guardo verdades escolho sentidos esqueço imagens lembro vozes sublinho nuvens
 entrego saudades 


....
eu te amo entre parênteses





edemir fernandes bagon