terça-feira, 20 de julho de 2010

Enigma


Infinitamente grande

Infinitamente pequeno

[Sabemos o que não somos]

Aplicamos nossa duplicidade às coisas

E não obtemos respostas


Os homens são desconhecíveis ao Homem.


Edemir Fernandes Bagon