quinta-feira, 28 de julho de 2011

Para Noruega

não se compreende a natureza dos homens

ora as aparências são mais relevantes
ora as idéias se tornam ridículas

em certos momentos a lucidez representa o ódio
e a fé se revela profana  como se estivesse no palco
de um  teatro pornô

a mistura de uma hipocrisia quase invisível com a arrogância imbecil dos intolerantes
colorindo os sorrisos podres dos que falam em nome do Nada

não se compreende a natureza humana
porque esta entrega o próprio sangue
porque esta engole os próprios filhos
e se lança no meio do medo e da guerra

não são compreendidos os silêncios da vida (?) 
porque homens são gritos que não aceitam a beleza do mundo




edemir fernandes bagon