quarta-feira, 27 de março de 2013

Reescrita

Quando dos olhos afastar
A saudade
Quando dos sinos aguardar
Os sons
Quando nas horas estender
A infância
Reinvente as formas de dizer
"Te amo"

Quando da vida não esperar
Mais nada
Quando perder as forças
Para lutar sem causa
Quando não puder ouvir
Do mistério o insano
Reescreva a história

Quando mitigar a sede
Com a loucura
Quando desistir do desejo
Quando não souber o caminho de volta
Quando não houver silêncio
Quando se perder na imagem
Quando encontrar seu mundo
Me encontre


Edemir Fernandes Bagon