terça-feira, 10 de dezembro de 2013

Abrigo

Se fosse possível compreender todas as coisas
Se fosse possível entender todos os homens
Se fosse possível aceitar o que somos
Se fosse possível sermos livres esperando amanhecer
Se houvesse caminhos e destinos escritos no chão
Se fossem inocentes todos os medos
Se longe chegasse qualquer pensamento
Se todos os segundos se tornassem poemas
Se todos os cantos fossem abrigos antigos
Se...

Edemir Fernandes Bagon