quarta-feira, 3 de setembro de 2014

Sacrifício

uma declaração de amor é uma canção que não se esquece nunca
predicado e sujeito escritos no lado eterno do tempo... dos olhos

sementes sobre os campos abertos tocados pelos anjos
telhados molhados de chuva 

cadernos diários com vida


descansa teu corpo num canto
desnuda tua alma

o que não sente é o que faz sentido.


edemir fernandes bagon