Vidros

Olhar novamente pela janela. 

Tanta vida há lá fora que me 

esqueço por dentro.

Edemir Fernandes Bagon

Postagens mais visitadas deste blog

Cantiga de Amigo do Século XXI

O discurso retórico na arte de Rugendas: um novo olhar